Pronunciamento golpista de Valdemar tem até bolsonarista de tornozeleira

O evento serviu para o partido de Bolsonaro apresentar supostas brechas na segurança das urnas eletrônicas

O discurso golpista de Valdemar da Costa Neto, presidente do PL, teve a presença até de um ativista bolsonarista que está usando tornozeleira eletrônica por determinação do Supremo Tribunal Federal.

O evento serviu para o partido de Bolsonaro apresentar supostas brechas na segurança das urnas eletrônicas.

O ativista Wellington Macedo foi preso no dia 21 de setembro do ano passado por incitar o fechamento do STF nos atos antidemocráticos de 7 de setembro.

Macedo está proibido pelo STF de usar redes sociais e publicar conteúdos no seu antigo canal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *